21 de março de 2012

Poema de 47 cromossomos



Quando ela nasceu um anjo certo
desses que vivem na luz, disse:
"Vai, Ana! Ser encanto, alegria e poesia"

Em Salvador num apartamento
sons de dor e tormento
A manhã perdeu o azul
tão triste fora a notícia

O sonho passa depressa
ela fala? ela anda? ela pensa?
Para que tanto medo, meu Deus, pergunta minha razão
Porém meu amor
não pergunta nada

A menina de olhos puxados
é alegre, linda e forte
conversa muito
tem muitos, muitos amigos
a menina atrás dos óculos - e de olhinhos puxados

Meus Deus, não nos abandones
És o nosso Deus e esperança
Não nos faça fracos

Amor, amor vasto amor
Se ela se chamasse Mariana
Ainda assim, seria Ana
Amor, amor vasto amor
mais vasto é o coração de quem ama

Ela não deveria escrever
não deveria pensar, 
não deveria falar
não deveria andar
mas nosso amor e nossa fé
botam ela com Deus a tudo alcançar.

- Paula Ivony Laranjeira -

Paráfrase do Poema de Sete Faces, de Carlos Drummond de Andrade.

Poema homenagem a Ana Maria no dia Internacional da Síndrome de Down.

8 comentários:

Layanne Rezende ★ disse...

Muito lindo, Paula!
Adorei!!

Lindy Cardoso disse...

Chorei rasgado!
Eu também sou diferente, faz um poema para mim???
Bjs

Casal 20 disse...

Paula, que encanto! Belo mesmo. Deus continue a guardar tua linda família. Mande meus sinceros afetos a Ana Maria, lindo poema que Deus deu a você.

Abraços sempre afetuosos.

Fábio.

Clédson Miranda disse...

Que lindo poema, Paulinha! Aqui na APAE de Vitória da Conquista, há um lema: "Amigos não contam cromossomos!"

Que bom que uma nova mentalidade a respeito da síndrome de Down está emergindo... o preconceito não poder ser maior que o amor a ser ofertado às pessoas portadoras da síndorme!

Forte abraço, amiga...

Clédson

P.S.: Minha mãe fez niver ontem, levou os doces que ganhamos aí em Riacho como presentes!

Malu disse...

Ela não deveria escrever
não deveria pensar,
não deveria falar
não deveria andar
mas nosso amor e nossa fé
botam ela com Deus a tudo alcançar.

Para que mais...
Foi transmissão de pensamento!
Hoje tirei o dia que é de folga para visitar os amigos...
Tenho estado ausente por conta de outros projetos.
Grande abraço minha linda e sempre grata pelo seu carinho!!!

Tais Luso disse...

Lindo, amoroso, sentimental! Esse é o amor das grandes almas.
Belo, Paula!
beijos
tais

Malu disse...

Paulinha, não consegui achar suas páginas no face. Me deixa o endereço, pois passo sempre por lá. Abraços e grata

Casal 20 disse...

Paula, querida. Obrigado pela visita lá em casa e pelas palavras de carinho.

Abraços sempre afetuosos.

Fábio.